O poder da essencia (Claymore)

Outra face do anime Claymore, vinculado com o tema da “vingança”, mas muito menos evidente, é do poder da essência!

Entre as claymores existia uma grande diferença de poderes, apesar de todos os poderes terem origem no “youki” (energia demoníaca dos Youmas), cada uma tinha a liberdade de desenvolver e utilizar ele de maneiras diferentes, possibilitando a criação de diversas técnicas diferentes, como regeneração rápida, força sobre-humana, agilidade ou ultra velocidade no manejo com a espada.

Em meio a diversas claymores diferentes, se destaca bastante a Teresa “Sorriso Aparente”, não apenas por ser uma das mais poderosas, mas o porque de ser tão poderosa!

Teresa não era a mais poderosa, por ser a mais rápida, mais forte ou ter uma técnica invencível de espada. Tão pouco seu poder vinha do ódio ou da vingança… Pois no esplendor de seu poder, ela parecia livre e leve, muito feliz e alegre, por ter algo importante pela qual viver e proteger! Neste momento ela havia deixado de ser uma vingadora… Afinal de contas, ódio e amor são sentimentos que não podem existir juntos…

O poder de Teresa era sentir o youki, seja vindo de uma youma ou de outra claymore, junto uma grande experiência de batalha e a sabedoria de usar seus poderes somente quando necessário. Teresa era muito poderosa, pois podia ver e compreender a essência! Podia prever qualquer ataque ou reverter qualquer situação critica de batalha. Por conseguir “ver” muito além do normal, com tranqüilidade superava qualquer oponente, sem nem precisar utilizar 1% de seu poder…

Sempre imaginei o que eu iria escolher se pudesse ter um super poder! Força colossal, voar ou ultra velocidade… Com esse anime, começo a pensar que esses poderes são bem pequenos em relação a uma simples habilidade que qualquer ser humano poder busca e se desenvolver… O poder de ver a essência das coisas e saber fazer a vida fluir através dela…

Não assisti Claymore até o final ainda, mas sinto que este belo anime ainda vai mostrar que esse poder é muito superior ao poder da vingança, apesar de ser algo difícil de ser conquistado. Em busca de se tornar poderoso dessa maneira, em muitos momentos vai parecer ser mais fraco e desenvolvido do que uma pessoa que optou se tornar poderoso por meio da força, da esperteza ou que saber executar bem uma técnica decorada… É um caminho árduo, mas que no final nos torna sábios e realmente poderosos de verdade.

Anúncios

O poder da vingança (Claymore)

claymore_ivy.jpg Claymore é um anime recente que ainda não terminou sua primeira temporada no Japão. Tem muitas cenas de ação e batalhas, mas é um anime que me surpreendeu por seu roteiro bem feito e pelas profundas reflexões filosóficas que ele transmite!

Em um mundo medieval, a única forma de se defender contra os Youmas (espécie de demônio carnívoro) é contar com a proteção de uma organização obscura composta por guerreiras meio humanas, meio youmas… Conhecidas como claymores, temidas como as bruxas de olhos prateados.

Claymores já foram mulheres normais, mas que aceitaram se transformar, por ódio aos youmas, por ter suas vidas destruídas por eles… Com isso ganham uma força sobrenatural que supera os próprios youmas. Visto de alguns pontos de vista, isso é uma ideal nobre, mas o próprio anime nos traz a reflexão… O que é o poder da vingança?

Queremos muito poder para vingar as injustiças que foram causadas… Queremos punir os culpados… Chegamos até o ponto de querer que eles sofram tudo o que sentimos como uma faca gélida em nossos corações… Uma ferida que parece nunca se curar… Um pesadelo vivido dia após dias…

O poder da vingança é extremamente sedutor e poderoso… É justificado pela sensação de idealismo, justiça e dever, libertando a pessoa do sentimento de culpa que a consciência pode trazer, ao seguir o lema de “Os fins justificam os meios!” Sendo fortalecido por sentimentos fortes como ódio, raiva, rancor, culpa e medo…

É difícil julgar que um vingador está errado… Não conhecemos sua dor, talvez até sentimos que seriamos igual a um, se sofrêssemos tudo que eles sofreram… Contudo este anime nos faz pensar sem falsas demagogias, qual é o preço pago pelo poder da vingança…

As claymores são poderosas, matam os youmas que tanto odeiam, contudo se elas excedem em muito seu poder ou se descontrolam emocionalmente, acabam se tornando o que elas mais odeiam e contra a qual lutaram… elas se tornam youmas!! Elas se tornam os montros que tanto odeia…

Na vida real, sinto que não é muito diferente… Os vingadores acabam se tornado tão monstruosos como as pessoas que eles acusam… Talvez até se tornem pessoas piores… Que causem mais dor a muitas outras pessoas inocentes… Pois sua vingança se torna sua vida e o ódio se torna seu alimento…

Não sou puro o suficiente para dizer que nunca me tornarei um vingador, se um dia eu sofrer e principalmente ver as pessoas que amo sofrerem inocentemente por culpa e maldade de alguém… Contudo vendo esse anime, tenho uma certeza… Nunca vou querer que alguém se torne vingadora por mim… Entendo seus sentimentos e sua dor, fico feliz por ela me considerar e querer fazer justiça por mim, mas… Uma pessoa com sentimentos assim por mim, com certeza é uma pessoa que também amo bastante… E por amar ela, não quero que ela seja infeliz por minha causa… Pois assistindo esse anime percebi o quanto é triste e vazio o caminho da vingança… E pior ainda o final desse caminho…