O poder da essencia (Claymore)

Outra face do anime Claymore, vinculado com o tema da “vingança”, mas muito menos evidente, é do poder da essência!

Entre as claymores existia uma grande diferença de poderes, apesar de todos os poderes terem origem no “youki” (energia demoníaca dos Youmas), cada uma tinha a liberdade de desenvolver e utilizar ele de maneiras diferentes, possibilitando a criação de diversas técnicas diferentes, como regeneração rápida, força sobre-humana, agilidade ou ultra velocidade no manejo com a espada.

Em meio a diversas claymores diferentes, se destaca bastante a Teresa “Sorriso Aparente”, não apenas por ser uma das mais poderosas, mas o porque de ser tão poderosa!

Teresa não era a mais poderosa, por ser a mais rápida, mais forte ou ter uma técnica invencível de espada. Tão pouco seu poder vinha do ódio ou da vingança… Pois no esplendor de seu poder, ela parecia livre e leve, muito feliz e alegre, por ter algo importante pela qual viver e proteger! Neste momento ela havia deixado de ser uma vingadora… Afinal de contas, ódio e amor são sentimentos que não podem existir juntos…

O poder de Teresa era sentir o youki, seja vindo de uma youma ou de outra claymore, junto uma grande experiência de batalha e a sabedoria de usar seus poderes somente quando necessário. Teresa era muito poderosa, pois podia ver e compreender a essência! Podia prever qualquer ataque ou reverter qualquer situação critica de batalha. Por conseguir “ver” muito além do normal, com tranqüilidade superava qualquer oponente, sem nem precisar utilizar 1% de seu poder…

Sempre imaginei o que eu iria escolher se pudesse ter um super poder! Força colossal, voar ou ultra velocidade… Com esse anime, começo a pensar que esses poderes são bem pequenos em relação a uma simples habilidade que qualquer ser humano poder busca e se desenvolver… O poder de ver a essência das coisas e saber fazer a vida fluir através dela…

Não assisti Claymore até o final ainda, mas sinto que este belo anime ainda vai mostrar que esse poder é muito superior ao poder da vingança, apesar de ser algo difícil de ser conquistado. Em busca de se tornar poderoso dessa maneira, em muitos momentos vai parecer ser mais fraco e desenvolvido do que uma pessoa que optou se tornar poderoso por meio da força, da esperteza ou que saber executar bem uma técnica decorada… É um caminho árduo, mas que no final nos torna sábios e realmente poderosos de verdade.

A essência de uma aventura (REC)

recO que determina uma grande aventura em sua verdadeira essência? Seriam realidades alternativas, poderes inimagináveis ou situações inusitadas e absurdas? Será que isso que nos atrai profundamente ao assistir uma anime, ler um mangá ou um livro?

Acredito profundamente que independente de sabres laser, criaturas fantásticas ou ser alguem “diferente” dos outros, o que nos atrai nos heróis é justamente seu lado humano. Seus tramas, alegrias e tristezas.

Por isso que gosto tanto do anime REC, ousado por sua simplicidade. Sem apelar para arquétipos heróicos ou elementos fantásticos, conta uma incrível história, utilizando pouco tempo para passar sua mensagem (série de 9 episódios de apenas 15 minutos).

Quem diria que a historia de Aka e Matsumaru, dois jovem normais começando suas carreiras profissionais seria tão fascinante, apenas mostrando suas conquistas, derrotas, encontro e desencontros em suas vidas, na busca por realizar seus mais profundos sonhos e desejos?

De maneira suave, REC nos ensina que para se viver uma grande aventura, não precisamos ser super heróis ou fugir de nossa realidade.

Em essência, só basta ser a si mesmo de verdade, nunca abandonar a luta por seu sonho e aproveitar a cada momento da vida de modo especial!

Review do anime: http://www.animehaus.com.br/

Download: Central de anime

Preview: assitir (by centraldeanimes.com.br)